Foram mais de 100 os gestores de prevenção e profissionais de saúde, em representação de 35 municípios, que ontem reuniram na Fundação Calouste Gulbenkian, para reforçar o compromisso assumido com o Desafio Gulbenkian “Não à Diabetes!”.

Este desafio pretende mobilizar a sociedade em torno de um objetivo maior: evitar que 50 mil pessoas desenvolvam diabetes tipo 2 nos próximos 5 anos. Intervir na população de alto risco é fundamental para travar o crescimento de uma doença que, pela sua prevalência, é já considerada pela Organização Mundial da Saúde como uma pandemia.

Trata-se de uma tarefa “gigantesca” e “ambiciosa”. Por isso, os diferentes parceiros do desafio reuniram ontem em plenário para, em conjunto, identificarem os principais problemas da ação no terreno e discutirem possíveis estratégias para os ultrapassar. Adicionalmente, a avaliação preliminar dos resultados alcançados, as ações para a mudança e a intervenção futura das farmácias, foram alguns dos temas da reunião de trabalho.

ReuniãoPlenária_05