Saiba escolher alimentos saudáveis

Fique com estratégias para selecionar e comprar os melhores alimentos para levar para casa, tendo por base uma alimentação saudável.

É indispensável saber colocar em prática uma alimentação saudável e económica. Para tal, é preciso saber comprar os alimentos de acordo com os princípios de uma alimentação equilibrada. Por outro lado, é essencial tornar-se um consumidor informado para poder tomar as decisões mais adequadas para si e a sua família.

 
Regras para comprar bem

Cada vez mais os estabelecimentos de venda de produtos alimentares oferecem uma elevada variedade de produtos e tipo de alimentos. Muitas vezes, esta situação leva a que o consumidor tenha mais dificuldade na seleção e na compra de produtos saudáveis.

Fique com uma lista de orientações para utilizar nas compras dos produtos alimentares, tendo em vista uma alimentação mais saudável:

  • Crie uma lista para ir às compras (com os artigos organizados por áreas);Se possível, compre alimentos frescos a cada dois ou três dias;
  • Tenha sempre em casa vegetais congelados;
  • Evite ir às compras com fome (vai comprar mais do que precisa);
  • Olhe para as prateleiras para além do que está ao nível dos seus olhos;
  • Deixe para o fim os alimentos que precisam de ser guardados no frigorífico;
  • Oriente-se pelo valor em euros por quilogramas/litro;
  • Evite levar as crianças quando vai às compras;
  • Pondere comprar online, o que pode potenciar uma escolha mais racional;
  • Privilegie frutos e hortícolas da época (são mais económicos e ricos do ponto de vista nutricional).

 
A importância do rótulo

Conhecer a utilidade do rótulo nas escolhas alimentares é um dos princípios básicos para saber comprar alimentos mais adequados para a saúde:

  • Leia atentamente a lista de ingredientes, os ingredientes estão ordenados por ordem decrescente, em primeiro lugar aparece o que existe em maior quantidade e assim sucessivamente;
  • Evite ou modere o consumo de alimentos em que o açúcar ou a gordura estão entre os três primeiros ingredientes;
  • Utilize a tabela de composição nutricional para comparar os nutrientes e as calorias entre produtos;
  • Escolha os produtos com menos teor de açúcar, gordura e sal;
  • Não oriente a escolha do produto pelas alegações nutricionais na embalagem, como “alto teor de fibra”, “baixo em calorias”, “sem açúcar”. Estas informações indicam a quantidade de um nutriente no produto, mas não nos informam sobre as quantidades relativas a outros nutrientes.

 
Exemplos de valores recomendados

Para sua orientação, eis os valores de gordura, de açúcar e de sal recomendados por 100g de alimento relativamente a alguns produtos:

  • Iogurtes magros devem ter menos de 0,5 g de gordura, enquanto os iogurtes sem açúcar adicionado devem conter 5/6 g de hidratos de carbono (HC);
  • Os cereais de pequeno-almoço devem ter menos de 17 g de açúcares e mais de 13 g de fibra;
  • As bolachas ou tostas devem ter menos de 13 g e no máximo 15 g de gorduras. A quantidade de açúcares deve ser inferior a 5 g.

Em termos de sal ou sódio: assegure que tem menos de 0,6 g de sal ou menos de 0,3 de sódio (300 g). As fibras devem estar nos valores acima de 5 a 6 gramas.